A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

São estas coisas que me fazem esquecer, por momentos, que sou mal paga como o caraças

No sábado fui à Feira.

 

No sábado comprei um vestido igual a este.

 

Igual, igual... não é bem assim. O meu não é da Ossie Clark, é de um anónimo, quiça produzido massivamente num vão de escada pejado de mulheres mal pagas que, neste momento, devem estar a costurar ferozmente para ver se o estaminé para onde trabalham não vai à falência...

 

Voltando ao meu vestido: tem todo este glamour vintage e mais algum. Só não tem o grande cinto com laço. O laço está no pescoço. E a altura. O meu assenta depois do joelhito. De resto está lá tudo: os plissadinhos, a manga três quartos, o tecido a fazer lembrar seda e a cor (que o padrão não é tão circular, mas cai bem à mesma).

Ora contas feitas, o meu vestido custou menos £993, o que dá qualquer coisa como mil e poucos euros.

 

De facto o meu vestido foi muito barato.

 

Vejamos: 2euros pelo dito + 2 euros para a senhora que me costura os arranjos, pois tinha a bainha descosida e uma pessoa não vai olhar a essas coisas, pois, na altura, está mais preocupada em tirar as moedas da carteira e a contá-las e a congratular-se em pensamento pelo magnífico negócio que se vai concretizar, mal encontrasse os 20 cêntimos que me faltavam para perfazer o montante!

 

E ajudei a economia doméstica do vendedor. Só vantagens!

 

E merecerá uma foto logo que a senhora costureira reformada mo devolver!

tags:
publicado por amulherdetrintaanos às 19:52
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres