A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Ai o Norte é tão lindo!!!

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Ai o Norte é tão lindo!!!

Ah, pois é! Como dizem @s migrad@s da sua terra de origem, "ah, o Norte é tão lindo!!!". Pois é. Vai daí, fim de semana prolongado que já trabalhei o feriado anterior (o da implantação da Répública) e ruma para cima, pois eu moro mais em baixo, nos arredores de Lisboa.

 

E não sou migrante, nem os meus pais e nem os meus avós. Sou de cá, pronto. Nunca fui para a terra, já cá estava. Na escola eram os putos todos a ir "para a terra" e eu a perguntar em casa porque raio também não tinha direito a uma. Injustiças. Natal aqui, Páscoa aqui, férias grandes aqui. Nem avós deslocados, nem tios e nem sequer uns primitos.

 

Até que conheci meu esposo. E não é que toda a sua família tem terra: a mãe tem uma (longinho), o pai tem outra (Portugal insular... uma maravilha), a tia querida ainda tem outra "terra" e então... Bora lá que a "terra" que eu gosto mais é a da tia. E é longe, lá na serra!!! Frio!!! Castanhas a cair das árvores!!! Até uma arvorezinha de azevinho. Coisa mais linda! Nogueiras à berma da estrada, a gente vai a passar e tauu, foi ao lado. Nem se estaciona ali, só nós que somos "emprestados" da "terra". Acontece.

 

Então estava eu tão descansadinha da vida. Quatro dias a respirar ar puro. Comidinha boa, animais vivos e ao ar livre. Mel, castanhas e caipirinhas (a globalização chega a todo o lado e ainda bem). E pronto, domingo, "bota" mala no carro, traz azevinho, meia dúzia de castanhas, mais o franguito do campo congelado e umas cebolinhas tiradas da trança, beijinho, beijinho, até à próxima e vai de descer a terra a dizer adeus à super tia.

 

Desce, desce... apanha um IP e metemo-nos na Auto Estrada! Uma AE que liga o Porto a Lisboa, apanhadinha em Coimbra. Pensam aqui os tótós dos plebeus (eu e minha metade) que aquilo paga-se, mas chega-se a casa em hora e meia, duas horitas! O tanas!!! A Brisa que vá concessionar estradas para o Sahara!!! Isto é que é roubar o pessoal.

 

Passei duas horas na AE entre Santarém e Torres Novas!!!

A 5/10 à hora. Em Aveiras, toma lá mais uma hora! Chegas à portagem de Lisboa e "passa para cá 12 euros e uns cêntimos!". Mas o que é isto?! Andam as finanças atrás de mim, trabalhadora (muito) reciba verde, vai de pagar à segurança social (na esperança... vã... que a minha mãezinha se reforme ainda com alguma coisa e antes dos 80 anos- sim, da maneira que isto vai) e queres andar de carro e gozar da acessibilidade extrema com que tantos governos te presentearam, minha anónima plebeia? Então, volta a pegar no burro e na carroça que chegas mais depressa a Lisboa vinda de Coimbra!

 

Mas isto é o quê! Um presente para a Brisa! Então, o governo oferece-lhe uma Auto Estrada para esta mirabolante entidade disfrutar e chupar o tutano ao icauto automobilista e vai de iniciar obras de "santa Engrácia" que duram há mais de dois anos. Isso é o quê? Um contrato vitalício com empresas de construção civil, umas atrás de outras? Expliquei-me. É que eu não percebo como é que posso demorar quase cinco horas para chegar a Lisboa vinda de Coimbra, numa AE com troços só de uma faixa e onde a velocidade máxima em metade do trajecto é de 80km/h.

 

Vou reclamar e por escrito. Certinho.

 

E depois disto? Depois disto lá se foi o meu estado zen e todo o ar puro da serra. Pois, é que durante esta provação viária fumei muito tabaquinho. Pronto, estúpida. Lá me levaram a gastar um maço mais do que o previsto e a "dar" dinheiro às finanças. Isto, realmente está tudo feito para chular o "mexilhão".

sinto-me: Furiosa
publicado por amulherdetrintaanos às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.