A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007

Um post de ontem à noite, mas sempre muito actual

Pronto, abri formalmente a minha época natalícia.

 

Isto já é Natal desde o feriado de 1 de Novembro quando toda a gente desatou a correr para os centros comerciais porque, nesse dia, inauguraram as decorações da quadra.

 

Eu bem tentei resistir até... conseguir. Mas não, ontem eu e meu par resolvemos que pronto, vá lá, já apetece, `bora lá fazer a árvore.

 

"Fazer a árvore" é mesmo uma expressão parva. Primeiro a árvore já foi comprada feita; depois, estava guardada na despensa que, aqui em casa, é sinónimo de "lugar onde se amontoam coisas" durante todo o ano e se guardam três prateleiras para enlatados e afins que se compra nos hipermercados. Mais, "fazer a árvore" é, no mínimo, muito controverso se vocês forem interpretar isto no sentido literal ou noutro mais amoral .

 

Depois ainda, uma pessoa vai fumar um cigarro à janela e o que vê? Pais Natal a subir aos prédios; luzes multicolores a enquadrar janelas e terraços e varandas, estores abertos com um frio de rachar só para que os vizinhos vejam as árvores de Natal a piscar lá dentro da casa de cada um...

 

Pronto, lá "fizemos a árvore".

 

 

A mancha castanha no canto inferior direito é o gato Gaspar que está, desde então, a tentar descobrir uma forma de dar cabo de todas as "bolas" da dita.

 

Eu que até não aprecio especialmente a data e que passava bem sem estes rituais anuais demoro muito a assimilar a época e a entrar na onda zen natalícia. Isto foi o primeiro passo; o próximo é só mesmo na noite de Natal. Acabou. As prendas estão compradas e feitas por mim (essas sim), embrulhadas e a adornar a árvore.

 

A única concessão que faço é gostar de ouvir esta música (e dentro da data faz mais sentido) que está quase, quase no limite do suportável tal é o uso que dela fazem os tais centros comerciais e lojas afins nesta altura.

 

Aqui fica.

" class="ljvideo"> 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: quase natalícia
publicado por amulherdetrintaanos às 20:57
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De inês a 11 de Dezembro de 2007 às 03:12
Tb acabei de de "fazer" a minha. Acho que é das poucas coisas que gosto do Natal. E gatos a roubarem bolas da árvore de natal, tb é um clássico.

Excelente selecção musical :)

beijinhos

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.