A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012

Pais vitaminados para trabalhos redobrados

Constato a minha resiliência física ao modo pós verão/férias e ao facto de chegar a domingo à noite tão cansada como na sexta-feira. Iupi!

Deviam inventar uns suplementos vitamínicos para pais recentes.

O cansaço não deriva tanto do tempo partilhado com a nossa pequena pimpolha ramboieira. Responsabilizo os afazeres de contexto, perda de tempo e extremamente necessários ao mesmo tempo, e que, nem a quatro mãos, lá vão.

Eu não sou pessoa doméstica. Nunca fui, nem nunca quis ser, dificilmente serei. Por outro lado, sou muito organizadinha e limpinha. Sonhava ter uma empregada doméstica que nos libertava do supérfluo, deixando a casa cheirosa logo à sexta-feira, mas constatei também na passada sexta-feira que, como quem manda na minha casa é o governo, enquanto trabalharmos não havemos de ter dinheiro para essa mega contratação. Nem para muito, pensando bem.

Ora, casa que não cheira bem, para mim, está a um passinho de cheirar mal. O homem de trinta anos também é assim, mas mais picuinhas. O longo estágio matrimonial acordou, algumas vezes tacitamente, outras por rotina, outras ainda à base do grito, que, das duas pessoas, aquela que cozinha muito, não limpa muito, aquela que limpa muito, não cozinha muito.

E chegaram as sopas. De peixinho e de carninha, com muito vegetal para bebé crescer saudável, coisa mais linda, que as engole como ninguém!

Ora as sopas são metáfora do desarranjo doméstico, a que se acresce a limpeza de cocós, a lavagem e estendal de adereços liliputinianos, limpeza de quarto de bebé, muito biberão, transporte de carrinho com cadeirinha acoplada: põe no carro, tira do carro, quiçá sobe até ao 4º andar e depois tem de descer, saídas de casa com malões a tiracolo, idas à praia com resultados próximos do esgotamento físico e cerebral, e outras coisas quotidianas muito graciosas, mas cansativas.

De modo que ontem, nessa bela noite de domingo, cálida e estival, por volta da meia-noite eu estava a estender roupa e o homem de trinta anos a arrumar a cozinha. Depois, eu fui acomodar farpelas minúsculas numa gaveta estreita quase às escuras e ele foi fazer biberão, dar biberão, lavar biberão. Cruzámo-nos na parte romântica do arroto. Deitámo-nos ao mesmo tempo e nunca mais o vi. Apaguei.

Como somos muito democráticos devemos ter apagado ao mesmo tempo. Lá para as 4 da manhã houve choradeira, fiz-me de surda e ouvi-o levantar-se.

Como somos muito democráticos, se hoje houver choradeira, já sei que será ele a fazer-se de surdo e eu a levantar-me.

Assim, voltando às vitaminas para pais recentes. Onde é que elas estão?

publicado por amulherdetrintaanos às 17:05
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Princesa a 10 de Setembro de 2012 às 23:49
Não faço ideia de onde andam, mas se descobrires, partilha, que também preciso!
De Monóloga a 13 de Setembro de 2012 às 21:04
:))
muito bom!!! muito bom mesmo.
quando nasce uma criança a vida muda a 100%...

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.