A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Terça-feira, 28 de Agosto de 2012

Publicidade acéfala & músicos mainstream patos bravos

Só para dizer, sobre o anúncio do início do ano escolar do Continente, que quando se junta a fome à vontade de comer e se cola uma musiquinha comercial de uma cançãozeca básica com uma ideia disparatada sobre início do ano lectivo ser uma espécie de feira das vaidades em versão púbere, a mim dá-me vontade de vomitar. E dar estalos na cara aos gajos que ganham dinheiro a apresentar ideias tão fúteis (e se chamam de criativos). E a achar tão eticamente vazios, os ceos do marketing que aceitaram este resultado. E, ainda, a comprovar, uma vez mais, a inutilidade da ERC.

 

Quatro ideias a reter, crianças que ides para a escola, segundo o evangelho do Modelo&Continente:

 

1. bom material escolar = muitos amigos;

 

2. Ter muitas coisas novas = muitos amigos e conhecidos;

 

3. Quanto mais inveja de ti tiverem mais teus amigos serão,

 

4. Se fores muito conhecido pelas coisas materiais que arrastas para a escola terás um excelente futuro, mesmo que repitas o 7º ano umas 4 vezes (desde que leves coisas novas todos os anos, tá-se bem).

 

E já agora, também me rio da pobreza de espírito dos pais do puto do anúncio.

publicado por amulherdetrintaanos às 17:11
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Tó Zé a 28 de Agosto de 2012 às 18:14
Infelizmente, o anúncio funciona precisamente graças a essas ideias que ficam retidas nas mentes das crianças e jovens. Lembro-me de ainda ter visto esse anúncio antes de vir para a Bélgica e posso-lhe garantir que funciona na perfeição.
Com a cultura da imagem e de massas que funciona na sociedade ocidental é altamente provável que o anúncio convença os jovens de que o Continente é um sítio na moda.
Com efeito, a senhora tem toda a razão, uma vez que a situação que o anúncio passa não é a real, mas é apenas aquela em que se faz as crianças acreditar.
De MiÚ Segunda a 29 de Agosto de 2012 às 11:07
Muito bem visto. É a cultura de fachada e do culto da aprência. Gostei do seu blogue, que não conhecia. Felicidades!
De Miguel Alexandre Pereira a 29 de Agosto de 2012 às 12:19
Magnifico texto sobre uma das publicidade mais parvas dos últimos tempos. Disseste tudo, concordo em absoluto com cada palavra. É uma pena que este tipo de coisas ainda venda... Uma boa semana e parabéns pelo destaque que foi inteiramente merecido :)
De margarida a 29 de Agosto de 2012 às 13:42
Mas o que se vê é que os miúdos seguem à risca esses "evangelhos"...
Ainda no outro dia um primo meu que vai para o 7º ano, durante as compras do material queria 1001 coisas porque apesar de já ter quase essas 1001 coisas de anos passados em boas condições ou por estrear, dizia que "ah, mas já é do ano passado!"
De me a 29 de Agosto de 2012 às 18:27
Infelizmente é assim! As escolas são e sempre foram um "antro de vaidades". Ela é nada mais, nada menos que o espeçho da nossa sociedade. Os que se vestem melhor, têm melhores carros, melhores empregos são tidos como os "mais importantes" e com maior peso na sociedade.
É esta a mentalidade do zé povinho!

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.