A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

A primeira década de 2000 correu bem

 Escrevi duas teses e plantei um pinheiro.

 

 

 Plantei o pinheiro a seguir ao Natal numa Paisagem Protegida perto de mim e numa semi-encosta, na tentativa de proteger a planta que, há um mês atrás, era um galho sem raízes. Lá ficou.   

 

 Ontem fui visitá-lo. Tinha sido pisado, coitadinho. Já tinha raízes e tinha crescido. Voltei a replantá-lo. Noutra encosta e no meio de uma moita. Com muitas urtigas e tojos à volta. Quase escondido. A ver se agora fica melhor protegido de pés desatentos e se consegue crescer para além da situação de galho magrinho.

publicado por amulherdetrintaanos às 19:06
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Zé Luis a 7 de Fevereiro de 2011 às 21:29
Olá Ana. Goste deste teu post, aliás gosto de tudo o que escreves, só que nem sempre tenho palavras para comentar, è um prazer saber que estás numa de ecologia. Fazias falta lá no clube de caminhadas. Não sabuia que tinhas escritos duas teses. Tiraste o bacharelato foi? Tudo de bom para ti e para C. e para A.
De amulherdetrintaanos a 8 de Fevereiro de 2011 às 16:58
Não, depois da licenciatura, fiz um mestrado. Em ambos apresentava-se tese final. Bacharelato já não existe há muito tempo: foi substituído pela licenciatura.
De batidasfotograficas a 25 de Setembro de 2011 às 23:37
A natureza é lenta no seu crescimento para as nossas necessidades, queremos que cresçam rápido mas mesmo assim não a respeitamos. Antes de se dar o passo, devemos procurar o local para por o pé. Este pinheiro vai crescer até a boa vontade querer.
batidasfotograficas.blogspot.com
Abraço
De amulherdetrintaanos a 26 de Setembro de 2011 às 18:27
Ou até alguém pragmaticamente o pisar...

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.