A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Boulevard de la memoire

Agora que as minhas férias descansam em paz restam-me os despojos para posteriores e felizes associações yunguianas.

 

O cardeno moleskine que haveria de ter um uso bem mais colorido se fosse complementado com uns belos desenhos à laia de diário gráfico. Face à inépcia dos autores ficam as colagens, as notas breves e uma catadupa de bilhetes…

 

 

As fotografias.

 

Não me lembro se no Museu D´Orsay, se no louvre ou no Pompidou, mas o Picasso está em todos eles; só o seu Museu homónimo estava encerrado para restauro...

 

Coisas muito giras e inusitadas em Paris: a loja de desratização mais antiga, ainda a funcionar, possui na montra alguns ratos e ratazanas apanhados nos esgotos de Paris em 1925. Uma pérola.

 

A loja do sr. Auroze e Filhos. disseram-me que foi desta montra que saiu a ideia para a cena do filme Ratatouille onde o pai lhe mostra como os humanos são selvagens. Numa esquina na zona de Les Halles.

 

Um encontro feliz...

 

 

Linda Montmatre ou Monte de Marte, como os romanos a designaram, ou ainda A colina do Mártir, já que Saint Dennis, 1ª bispo católico de Paris no período romano, foi aí decapitado. dizem que, mal a cabeça caiu, o corpo se levantou e pegou na cabeça. Dizem também que foi com ela debaixo do braço até aos lados de Notre Dame. na fachada da catedral, lá está ele a segurar a cabeça. Fascinante...

 

Ainda Montmatre.

 

Pastelaria em Saint Germain, zona animada.

 

Um edifício ao contrário ou de fora para dentro, o Centro Pompidou.

 

Para os lados da Torre mais famosa de França.

 

Da Praça do Trocadero é onde melhor se vê a Torre.

 

No rio, no bateau a que chamam de mosca. De um lado o quartier latin, do outro uma lateral da fantástica, quase milenar, Notre Dame.

 

Megalómano rei sol e a sua brutal Versaillhes. Não tenho nehuma foto que lhe faça justiça...

 

 

Os pacotes de açúcar e alguma mercearia variada.

 

 

E este último lote de recuerdos atesta bem a minha costela popular: devo ter, imbricado nos genes, resquícios das dezenas de viagens de antepassados a Espanha para compra de caramelos, máquinas iogurteiras e perfumes. Persegue-me a necessidade desnecessária de trazer enlatados e outras saloiadas de cada sítio onde vou. Como se no le Clerc isto não estivesse à venda!

 

Terminei em Odeceixe

 

 

E fomos recebidos de volta pelo gato português mais independente da história dos gatos, o meu...

 

tags:
publicado por amulherdetrintaanos às 19:20
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Zé Luis a 2 de Setembro de 2010 às 21:22
Ver Paris e....
O Gaspar
De aumento del pene a 10 de Setembro de 2010 às 12:46
elogios para as fotos, lindo! Eu sempre vi a fotografia como arte mais do que capaz de captar todas as emoções e todos os momentos
De GoldenGod a 18 de Setembro de 2010 às 23:29
Fiquei com inveja...
Só estive em Paris durante um Fim-de-semana, e foi mais para estar com a família. O que só me dá mais vontade de lá voltar e correr tudo a pente fino.

desculpa a invasão
De aumentar o peito a 14 de Janeiro de 2011 às 13:20
Uau, que delícia!! Que saudads sinto das minhas férias (em Espanha), mas estou a pensar na semana santa, quem sabe a Parrriiíí?! ;)

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.