A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Terça-feira, 20 de Abril de 2010

A minha primeira vez...

... a colocar aqui uma receita.

 

Como jantei sozinha ponderei duas alternativas, pizza no forno ou um banquete muito saudável. Escolhi a segunda. Não sei porquê. Isto daria uma excelente hora de terapia...

 

Eu vi esta receita num blog, mas não me lembro sinceramente qual. Depois a Angela, do programa de culinária que tem o "bites" a seguir ao nome, fez uma coisa parecida e eu resolvi-me a experimentar a receita há umas semanas e acrescentei algo meu: umas coisas que tinha no frigorífico, essa grande invenção da civilização moderna ocidental.

 

Designei eu a respectiva receita de gratinado campestre, pois comer uma coisa sem nome, não tem grande piada (Ah, ontem fiz um prato muita fixe!; -Como é que se chama?; -Não sei, mas era bom!).

 

Então, segue o meu Gratinado Campestre...

 

Escolhem-se os vegetais do coração que se tenha em casa. Depois de os lavar é melhor ligar o forno e apontar o botão para o lado dos 200 graus centígrados.

 

Amontoam-se os vegetais, cortadinhos em rodelas num sítio onde não atrapalhem.

 

Corta-se um alho francês, uma cebola e uns 3 alhos e refoga-se por pouco tempo com azeite. Juntam-se, no fim, as ervas (todas as que tiverem à mão, a hortelã fica excelente). Olhá ilustração...

 

 

 

Mistura-se o refogado com os vegetais, que estavam de lado e a ficar amuados, no recipiente onde irão, num futuro próximo, ser assados. tempera-se com sal, pimenta e umas duas colheres de mostarda (a de Dijon fica mesmo bem, mas eu já não tinha e foi com a normal). Olha outra ilustração...

 

 

Se considerarem necessário acrescentem um pouco mais de azeite. Revolve-se a mistura muito bem revolvida. Mais um pouco de queijo parmesão no topo (eu também não tinha e ralei um pouco de um queijinho de nisa na hora- tenho de ir às compras). Coloca-se dentro do forno durante 35/40 m. Lá foram...

 

 

Quando estiver pronto, as leguminosas de cima estarão apetecivelmente tostadas, as de baixo, com sorte, não estarão queimadas e nada estará cru. Não se esqueçam que os vegetais têm muita água no seu interior (há muita gente que também acha que têm sentimentos...), por isso não desconfiem que poderão ficar secos ou mal assados e não os afoguem em gordura.

 

Sai do forno. Podem juntar um queijinho feta ou de cabra ou outro que vos aprouver e servem.

 

 

 E depois ofereci-me um capuccino. E mais um cigarro que isto de cozinhar, mesmo com vontade, cansa um bocado.

 

E depois ainda, amontoam-se as quinhentas peças de loiça na segunda maior invenção da civilização ocidental moderna: a máquina de lavar e voilá!

tags:
publicado por amulherdetrintaanos às 21:48
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De martha ( tb 1 gaija de 30 anos ) a 21 de Abril de 2010 às 16:53
OLa ! sigo o teu blog a algumas semnas mas nao gosto muito de escrever . Mas aqui tenho que te corrigir o nome da senhora e NIGELLA | e nao angela ... o programa chama-se nigella bites . PEsquisa por Nigella Lawson e encontras todas as receitas no site dela

b j
De Elaine a 22 de Abril de 2010 às 17:47
Infelizmente (ou não) janto todos os dias sozinha - excepto quando vou visitar os papás - e sei o que é ter dias com essa vontade! A tua receita tem óptimo aspecto! Fazia-te companhia, ahah
De aumento seno a 22 de Julho de 2010 às 10:52
a receita parece absolutamente delicioso! Eu quero experimentar! beijos

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.