A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Sábado, 31 de Janeiro de 2009

Malandro!!!

daqui
O meu carro vai ser deserdado; já prometi a mim mesma que quando regressasse das férias, que resolveu tirar sem permissão, passarei a tratá-lo tão mal, tão mal, em formato vingança chinesa, só para ver se aprende a não morder a mão que, literalmente, o alimenta.
 
Passa uma pessoa a vida a ter cuidados extra com aquele monte de lata para, quando menos se espera, nos deixar à chuva, numa bomba de gasolina, à mercê do empurrão alheio, ali, a olhar para ele, à espera de um reboque que demora uma eternidade a chegar.
 
-“Ai, credo! Tem pintinha de ferrugem na pintura!”. Vai o produto anti-ferrugem, mais a tintinha da cor original para disfarçar.
 
-“Ai, o vidro não sobe, só desce e desce até deixar de ser visto”: “Ò sr. mecânico, veja lá o vidro. Ah é o elevador? Tem de se comprar a peça completa. Pronto, ´tá bem”.
 
-“Ó sr. mecânico ele hoje não travou, fez uma rotação quando travei que ainda agora me dói o pescoço… Ah, precisa de calços…? Pronto, ´tá bem, venham de lá esses calços. Ah e depois tem de mudar o óleo dos travões…? ´Tá bem, ponha lá isso a funcionar.”
 
“Ó sr. Mecânico, para pôr a marcha-atrás, o carro guincha por todos os lados, veja lá isso que fica tudo a olhar para mim, até parece que fui contra alguma coisa!” –“Ah, pode ser o selector de mudanças… Ah, afinal não é, é a caixa. Ah, e é muito caro…? Quanto?! Pronto, ´tá bem, mude lá isso… (que eu vou tirar o resto do dinheiro das poupanças domésticas que nunca chegam a crescer nada por causa da lata velha).
 
Quinhentas mil coisinhas depois, o estúpido resolve deixar de andar!
 
Se eu andasse para aí a partir muros e a arrancar sinais de trânsito com ele, tudo bem, compreendia-se. Agora eu, tão ciosa das minhas coisas, que o acudo sempre que precisa, que faço uma revisão anual, fora as vezes que são precisas, tão cheia de cuidados para que nunca me aconteça uma coisa destas à traição e pumba. Vai-me parar logo numa bomba de gasolina, entre o carro da frente e a outra meia dúzia que estavam atrás, num dia de chuva e à noite, quando eu não tenho o telemóvel carregado, quando (imagine-se!!! que isto de dizerem que um azar nunca vem só é mesmo verdade) o multibanco da bomba tem metade das teclas sem funcionar!!! E mais, quando eu tinha uma sessão de cinema combinada e estava em cima da hora.
 
Agora está na oficina e continua parvo. Aparentemente depois do problema da ignição resolvido, vai-se a ver tinha duas velas avariadas e depois disso já se descobriu que o óleo cai nas velas e agora são as escovas e as juntas do motor de arranque. Já me conformei. Só vou ter carro para a semana. Isto se não aparecer mais nada que como diz o mecânico (que até parece que não, mas é de extrema confiança) “não se descobrir mais nada”, pois que a lata velha aparentemente é cardíaca e também “tem o motor cansado”.
 
 
[o carro tem 12 anos, pá. Não está a cair de podre. Para idade de carro ainda é novo, ou não? E eu não sou louca, a antropomorfização da viatura é só uma forma de descarregar a ira sem chatear mais ninguém.]
 
 
 
publicado por amulherdetrintaanos às 17:42
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Sofia a 2 de Fevereiro de 2009 às 16:42
Uma prendinha para ti aqui:

http://osdesabafosdasofia.blogspot.com/2009/02/um-selo-de-mulher.html

jocas
De amulherdetrintaanos a 7 de Fevereiro de 2009 às 15:25
Opá Obrigado! Só vi hoje! Que distraída: vai pró próximo post!!!
De clara a 2 de Fevereiro de 2009 às 16:50
Sofia,

adorei a imagem! É linda!!!

Beijinhos e boa semana!
De amulherdetrintaanos a 7 de Fevereiro de 2009 às 15:25
Pois é! É a "cara" do teu blog, não é? e em extensão terá a ver contigo!!! Adoro tb estas imagens tão vintage... Bjinho

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.