A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

Por pouco não comia castanhas hoje (como se daí viesse mal ao mundo)

Amigos cerelaquianos, e aqueles que compreendem, mas não comem, obrigado pelos vossos comentários! Já não me sinto tão só nesta dimensão gastronómica tão pouco elaborada e hoje, logo pela manhã, olhava lânguida e pouco sexy, o meu prato farinhento e, enquanto este arrefecia, lembrei-me de vocês!

 

Continuo com pouco tempo e muito stressada. Depois fiquei constipada. Nesta conjuntura (que decerto o zoodíaco analisaria melhor) o meu estado de espiríto ressente-se.

 

Como exemplo até vos digo que ao ver a empregada do café onde almoço trazer toda contente para a nossa mesa um pratinho de castanhas, até comentei para os colegas: "Que generosa, será que vai ser assim todos os dias até ao S. Martinho?!". Pois, era hoje. Aparentemente passar-me-ia ao lado. E seria a primeira vez em 32 que não comeria castanhas no dia 11/11. não se podem quebrar assim rituais tão estruturantes para a vida das pessoas.

 

E depois, também não é normal acompanhar a montagem de um documentário e ficar tão emocionada no fim que se tenha de disfarçar uma lagrimita pindérica.

 

A dita montagem foi uma epopeia de quatro semanas, é certo. Houve gritos, desavenças conceptuais, meios amuos e volta atrás, corta, limpa, corta mais um bocadinho, mete acolá, agora o macintoch foi abaixo, abre outra vez, vai lá buscar a framezinha, não era essa, era outra, volta atrás, ouve outra vez, corta o som e por aí fora.

 

Não sei se foi de ver o fim daquilo finalmente à frente; não sei se foi dos excertos que escolhi a meias; não sei se foi da lembrança das histórias de vida completinhas dos entrevistados; não sei se foi de tudo mais as fotos que lá inserimos pelo meio, mais uns fades in e out, mas cheguei ao fim a fungar e não era da constipação.

 

Estou formalmente muito emotiva este Outono.

publicado por amulherdetrintaanos às 20:23
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Inês a 12 de Novembro de 2008 às 10:47
Um doc Ana? Uau! E quando é que se pode ser visualizado? Estou curiosa, se passou por ti, sei que sai coisa boa. (e a Outra que nunca tem tempo podia era dar-te o lugar e vais tu dar antropologia visual!)
;)


(e olha, este foi o meu primeiro ano sem castanhas, aqui não há disso :( )
De amulherdetrintaanos a 20 de Novembro de 2008 às 23:08
Mas, Inês, tu queres castanhas, olha que eu envio um embrulhinho para aí, a sério! O doc é para a próxima exposição, vai ser editado e, a minha colega que não é nada modesta, tem o sonho de vê-lo passar no doclx. Eu depois envio-te um, para opinares. Beijo grande!
De Miss M a 12 de Novembro de 2008 às 12:08
Olha, e eu não comi castanhas. Nem me lembrei que era dia de S. Martinho...
De amulherdetrintaanos a 20 de Novembro de 2008 às 23:08
Pois, como eu te percebo!
De clara a 18 de Novembro de 2008 às 16:08
Sofia,
Quando nos metemos em projectos que nos exige até a própria alma, o resultado final é como se fosse um filho. Hum, já algum tempo que não sinto a emoção de chegar ao fim de um projecto e sentir-me emocionada com o produto, mas isso é sinal que já está na hora de mudar de ares...

As castanhas, que para além de ADORAAAAAAR, são o sinal máximo do Outono. Não há nada melhor do que estar com uma boa companhias à frente de uma lareira, a beber um bom vinho tinto e comer castanhas assadas.


Beijinhos
De amulherdetrintaanos a 20 de Novembro de 2008 às 23:09
E lá fiz uma castanhada (ou magusto) de fim de semana e para comemorar dias de reclusão intensa! E foi bem bom! Um beijinho
De Nuno Filipe a 19 de Novembro de 2008 às 14:32
Olá Sofia,
foi por mero acaso que dei pelo teu blog, identificando-me com ele, eu que sou um trintão também e louco por Cerelac , por Pensal e que abandonou o vicio do Nestum Mel.. ehehhe
Adorei a tua forma de escrita, solta e sem rodeios.
Parabéns...
De amulherdetrintaanos a 20 de Novembro de 2008 às 23:11
obrigada, contemporâneo trintão! Continua a passar por cá. Terias mais um post para ler se não tivesse perdido há minutos todo o textito quando este sapo encravou. Para breve!
De Manuel Dias a 6 de Dezembro de 2008 às 09:27
Conheci hoje o seu blog, fiz uma passagem rápida e detive-me na noticia sobre a ASAE, que não sendo nova, continua muito actual...também já escrevi sobre este tema no meu blog.
De um modo geral gostei da forma como escreve e dos temas, vou certamente visitar o seu blog mais vezes.
As melhores saudações.
www.manuel-dias.blogspot.com
www.cidadedeaveiro.blogspot.com (ainda recente)

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.