A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Sábado, 31 de Dezembro de 2011

Novo ano

Só quero saúde para o novo ano. E continuar a ter emprego. E se, para que os meus, e vossos, conterrâneos pudessem estar nesta situação, com saúde e emprego, eu tivesse de abdicar de mais um mês de ordenado (para além dos dois já levados), fá-lo-ia de bom grado. A minha lista de desejos para o próximo ano é altruísta: que todos possam ter aquilo que eu, neste momento, tenho.

 

Esta passagem de ano vai ser na nossa casa. Somos 7 crescidos e 3 crianças, menos uma amiga sem crianças que celebra a passagem com outros congéneres, mais uma amiga de uma amiga sem crianças que se juntou a nós porque se zangou com os amigos do namorado. Tudo muito caseiro. Muito adulto, muito responsável. Eu (uma refeição com pernas) alerta de três em três horas, o pai (casa de banho ambulante) especialista em mudança de fraldas. Vamos comer tacos e pizas mexicanas. O meu vizinho, tipo Scrooge, já começou a alertar os vizinhos do seu andar para o baixo potencial de ruído que tolera. O cd da leopoldina´continuará a bombar. E eu continuo muito feliz. Constipada, mas feliz.

 

Bom ano amiguinhos da blogosfera!!!

publicado por amulherdetrintaanos às 14:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

A mulher de trinta anos tem descendência

 

Nasceu uns dias antes do Natal sem ninguém esperar...

 

A coisa mais fofa do mundo inteiro...

 

e é minha filha!

tags:
publicado por amulherdetrintaanos às 12:19
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

A minha prenda de Natal para quem por cá passa

A minha colega E. tentando enriquecer o meu repouso absoluto, quase a terminar (!!!) ensinou-me uma técnica para tricotar sem agulhas. Excelente ideia de prenda caseira. O resultado, materiais, cores, outros formatos fica dependente da vossa imaginação.  Se experimentarem partilhem os resultados!

 

 

 

publicado por amulherdetrintaanos às 16:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

Hoje vislumbrei-me assim

A few times in my life I’ve had moments of absolute clarity, when for a few brief seconds the silence drowns
out the noise and I can feel rather than think, and things seem so sharp and
the world seems so fresh. It’s as though it had all just come into existence. I
can never make these moments last. I cling to them, but like everything, they
fade. I’ve lived my life on these moments. They pull me back to the present,
and I realize that everything is exactly the way it’s meant to be.

 

                                                                                            Monólogo final de A single man (Tom Ford, 2009)

publicado por amulherdetrintaanos às 13:12
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2011

Enquanto o Natal não me bate à porta...

 

E aguardo para que a minha primogénita se aguente mais umas semanas...

 

 já fiz uma manta, a minha primeira!

 

Mas o Natal ainda não me bateu à porta...

 

Talvez porque tanto descanso me deixa cognitivamente lenta ou talvez porque moro num 4º andar e o espírito natalício anda lá fora, mais perto do r/c, demora a subir e neste prédio não há elevador.

 

Quiçá porque Dezembro sem idas à Baixa de Lisboa, ver iluminações de rua ou ir beber chocolates quentes nas pastelarias deste mundo, custa a entranhar.

 

Meanwhile, as poucas prendas encomendadas on-line estão atrasadas, o que me deixa com papel de embrulho, mas sem conteúdo. Se a coisa não se resolve embrulharei cartões de boas festas, o que é sempre uma coisa fofinha de se ofertar.

 

A árvore também está atrasada. A bem dizer está assim todos os anos até que a minha pessoa a vai buscar à última prateleira de uma despensa com um elevado pé direito. Este ano está fora de questão, ainda a criança nasce a meio do processo. Assim, as negociações domésticas apontam sábado como "o" dia.

 

 

 

publicado por amulherdetrintaanos às 18:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011

Em memória da percentagem do meu subsídio de Natal levada pelo governo

 
Taxman (George Harrison nos Beatles em 1966 no álbum "Revolver") aqui nos anos de 1980 com o Eic Clapton e umas raparigas nos coros com mau penteado
tags:
publicado por amulherdetrintaanos às 20:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.