A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

como se diz muito para os lados da Caparica...

 

serviço público francês aqui

 

Vou de vacances (leia-se, vácansses). À Paris (leia-se em francês). Como se diz no meu concelho, estou que nem posso (leia-se com pronúncia lisboeta misturada com um leve sotaque do Alentejo)!

publicado por amulherdetrintaanos às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

Da alheira gigante a cinco euros e do bacalhau à zé do pipo´s style a 12 temos um ministro pelo meio que se fosse por mim ia de férias cá dentro e lá para os lados de unhais da serra, de bicicleta

Entre leituras, escritos, multimédia, papéis, jornais (mas jornais mesmo bons), jornais daqueles de há século e meio atrás, entrevistas, andar com papelada ás costas, mais o calor e um rio para passar, mais os turistas de Lisboa com panamás a passar por mim e a sorrirem com ar de empáticos e a levarem com um olho de soslaio, daqueles olhares tão maus que eles quando chegam nos devem classificar de antipáticos comó caraças e só por minha causa, até nem me posso queixar muito.

 

 

Fui da Beira ao Algarve e juro que cantei "pelos caminhos di pórtugau, eu vi tanta coisa linda...trolóró".

 

E como se vê pelo excesso de luz e a abertura da lente e mais essas coisas todas, estava calor no Piodão (por sinal a única terra em 3 Concelhos onde vi a maior concentração de pessoas, deviam ser mais de cinquenta!).

 

Nos socalcos de Seia, dentro do Museu do pão. Um Museu com uma exposição em que, de quatro, tem um núcleo fechado e os três restantes, se não tivermos menos de 12 anos e nos deixarem desenhar na carcaça espalmada cozida para o ateliê dos pequeninos, não têm muito interesse. O núcleo documental tem tanta informação, mas tanta, que para ler somente as capas das dezenas de ilustrações portuguesas que lá têm expostas, ainda hoje lá estava. Falta-lhe ali qualquer coisa. O pão é um mundo e o mundo não cabe em 3 núcleos. A mais dinâmica, de todas as guias que alguma vez me calharam, era a senhora do núcleo "dos pequeninos": falou connosco, literalmente, como se tivéssemos, 10 anos, só não deixou fazer desenhos na tal carcaça espalmada e terminou, olhando para mim, "um, dois, três, já é dia outra vez". Ou eu sou uma pessoa muito fofinha que desperta estes laivos de infantilização ou talvez se devesse repensar a abordagem a público um bocadinho menos pueril. 

 

Do oito para a explosão dos oito milhões de turistas, daqueles que ao beberem palitam o dente com o indicador e parecem todos muito hipertensos, mas não, é apenas uma insolação natural porque têm pouca melanina e moram mais para o norte europeu. Eu fui ao sul. E nas traseiras do sul, as pessoas que ainda se dedicam à pesca (mais umas oito, talvez), secam lampreia e este peixe ao sol, com sal. Um senhor pescador explicou-me que, por estes dias, às duas da tarde, basta uma horinha e ´tá pronto. Fiquei com vontade de experimentar na minha varanda do subúrbio (mas tenho medo que o meu gato salte e com a gula ainda acabe estatelado 4 andares abaixo).

 

Não fosse o sol, que brilha sempre, e o ar quente, que sopra sempre, eu havia prometido a mim que o sul só para cima de Monchique, mas em incumprimento, fui a banhos.

 

Conclusão do périplo para experimentar aquilo "das férias cá dentro" que o Ministro apelava: vai tu cá- ó ministro- para dentro! Se fores para Norte, não comes depois das 10 da noite porque os poucos restaurantes que não decretaram falência, estão às moscas, mais o comércio e a iluminação pública inexistentes; se fores para sul (que deves ir lá para a quinta do lago, concerteza), pagas o dobro por um mínimo de bacalhau à brás style e quase que colocas protector em ti e na pessoa desconhecida que está na toalha colada a ti). Pronto- ó ministro- já cumpri a minha parte. Agora diz ao teu amigo das finanças que títulos do tesouro só ele me der o dinheiro porque estive ontem a fazer contas e é um negócio daqueles mesmo toscos. Ganhar 400 euros em 10 anos, se comprasse 1000 euros dos vossos títulos, é um negócio bom para quem? 400 euros?! Em 10 anos?!

publicado por amulherdetrintaanos às 21:38
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.