A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Domingo, 19 de Julho de 2009

Ando mesmo out daqui, não ando?

Desculpem lá as pessoas que, de quando em vez (ou por engano), passam por aqui. Apesar de não ser um hapenning crucial na vossa existência causa assim uma sensação de indiferença da minha parte desaparecer assim, não é? Pelo menos isso acontece-me com vocês.

 

[repararam no uso de um global "vocês" completamente indiferenciado... tal até vos pode levar a considerar que o  meu desaparecimento súbito se poderá dever a algum papel político assumido para as próximas legislativas ou autárquicas e o meu solilóquio inicial um treino frouxo para discursos futuros com vista a uma eleição numa qualquer junta de freguesia deste país. Não é.]

 

Estou de férias

 

Sim, sim, eu sei, isto é uma alegria completamente burguesa, classe média roskof e tal... alegria por estar de férias?! Onde é que já se viu e tal, mas pois, eu sou assim, paciência!

 

Este post é só para dizer que não sucumbi à inércia blogueira, mas ando a saltitar o mais que posso e, por isso, a frequência posteira ficará para dias mais lentos.

 

Só para compartilhar:

 

Depois dos últimos 6 dias por aqui

 

E mais aqui e arredores...

 

 

Muitos banhos...

 

em excelente companhia

 

E uma inédita visita a uma exposição bovina

 onde fiquei a saber, entre outras maravilhas da arte, que Limousine também é raça de gado.

 

Eis-me de partida dentro de 12 horas para aqui...

 

daqui

 

Até jáááááááá!!!!

 

 

publicado por amulherdetrintaanos às 20:28
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 4 de Julho de 2009

Tive uma reminiscência infantil

depois de ver o Manuel Pinho a entregar-se à criança mal criada que afunda dentro de si.

 

[até parece que já estou a ouvir os estrangeiros deste mundo: oh! nice cultural touch! this is a nice way of showing empathy!" E chegam todos ao All. Garve a gesticularem cornos para toda a gente desde o aeroporto (e nós sabemos quão fundo toca a 85% da população o gesto)].

 

 

 

E isto trouxe-me à lembrança o quê?

 

A também minha demissão do cargo de "tomar conta da sala de aula" sempre que a minha professora da 3ª classe era chamada a algum lado. E porquê?

 

Apenas porque também gostava de exercitar os bracinhos e juntei uma vasta multidão de almas pueris aos saltos na sala sem supervisão a experimentarem os dons da telepatia que a Yumi, a amiga raptada do filho do Ulisses 31, fazia sempre que colocava as mãos nesse inocente posição.

 

 

Medidas as distâncias, a Maria Filomena Mônica que se cale, injusta, injusta foi a minha demissão!

 

 

publicado por amulherdetrintaanos às 00:55
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.