A mulher de 30 anos não era nascida no 25 de Abril de 74; não ouviu radionovelas e não vibrou com o Festival da Canção. A mulher de 30 anos tropeçou em dois séculos e está aqui! Também opina, ainda não é anciã e agora é mãe

.posts recentes

. Bom dia

. Autoretrato #1

. Adeus fim de semana

. Adeus domingo #2

. Finalmente, toda uma cole...

.Instagram

Instagram

.mais sobre mim

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.

.Posts mais comentados

21 comentários
16 comentários
14 comentários

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. O que é a amizade depois ...

. Nasceu o meu filho

. Da epifania televisiva de...

. Hoje constatei que é dia ...

. Leva-me pró contenente!!!

. Discurso directo I e II (...

. Os dias em que todos nós ...

. voltei, voltei...

. L`air du temps

.links

.subscrever feeds

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.últ. comentários

Boa noite,Como a entendo.Uma coisa é fazer o "que ...
É tão giro encontrarmos desenhos antigos, retratam...
Compreendo perfeitamente! É tão difícil deixá-los ...
Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008

Dissertações 1/5

 Após passar incólume por mais um Carnaval... (ena, ena que já mergulhámos nos quarenta dias antes da Páscoa. É semp`ábrir!) e em fase de enterro de bacalhau, queima do judas e quaresma estamos simbolicamente num limbo entre o que foi e o que há-de ser (pena que o limbo tenha sido abolido no actual papado, mas ainda custa retirá-lo assim do vocabulário tão de repente) e assim aproveito para deixar dois apontamentos:

*

1. ai senhores, ai senhores!!! (grito feminino berbére a acompanhar), então não é que eu, num post colocado o mês passado, vergonhosa e imprudentemente escrevi "jocosamente" com "ch". A alma que reparou e que efectivamente me comentou o facto, fê-lo para o meu mail, não nos comentários ao post. Obrigado, obrigado, obrigado, mas podes envergonhar-me publicamente que eu mereço. Aproveito a quaresma para me auto-penitenciar e a situação do país e a minha financeira para voltar a bater com a cabeça na parede umas quantas vezes por dia...

*

2. E esta é para comentar, em simultâneo, os posts dos blogs da pirata e da dona de casa...

Eu fui ver o Swenney Todd, meninas, e... desculpem lá a franqueza... fiquei à espera de mais.

*

Não vou dizer que não gostei, mas também não posso dizer que adorei. Até estou triste com a minha pessoa, mas senão formos sinceras conosco, quem será? As minhas expectativas são sempre muito altas com o Tim e o Jonhizinho... ainda para mais com a sua esposa Helena que eu pessoalmente acho muito bonita, pois tem uma cara que irradia personalidade, mas penso que as subi em demasia.

Aqui vai uma crítica ao filme em forma muito pouco cinéfila: excelente fotografia e excelente produção: o contraste entre o antes feliz e luminoso e o agora sem futuro e escuro, a luz e a cor vs a depressão e a negritude da loucura... muito bom mesmo!

*

A cor da cidade, o ambiente, os cenários, espectacular, mas também não podia ser de outra maneira, pois que o Tim já nos habituou a cenários e ambientes fantásticos, não seria agora que lhe dava para disparatar. A cor do sangue e, principalmente, a imagem final... quase desenhada... sem palavras! Eu sou uma pessoa avisada e sabia previamente que era um musical. Eu gosto de musicais, não é por aí. As letras das canções, sem as quais, se perderia o fio condutor do enredo funcionam muito bem e cumprem a sua missão. Agora que achei o ritmo do filme um pouco arrastado, epá... achei. O facto dos actores cantarem quase sempre no mesmo registo (pois que não são profissionais das cantorias) torna todo o filme um pouco monocórdico e empastela o ritmo. Agora o Jonhnny, desculpem lá, mas a postura é toda o Eduardo: ele em pé, de perfil com o cabelito no ar e eu a lembrar-me constantemente do Eduardo com as suas mãos de tesoura... e se calhar foi uma das razões pelas quais eu não consegui mergulhar completamente no filme e quando isto me acontece, eu não consigo adorar.

*

Charlie e a Fábrica de Chocolate, ainda em nº1 no meu top Tim Burton+Deep... Sorry...

publicado por amulherdetrintaanos às 18:18
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De sonjita a 7 de Fevereiro de 2008 às 21:46
Eu também fui ver... gostei mas não posso dizer que tenha adorado. Está muito bem feito, as cores, o desenho... concordo com a tua apreciação cinéfila, no entanto, tal como tu, não adorei... mas isso acho que se deve muito ao facto de não ser apreciadora de musicais. De qualquer das formas acho que vale a pena vê-lo....
BJOka
De amulherdetrintaanos a 12 de Fevereiro de 2008 às 23:30
Sim, também acho que vale a pena até porque em dvd deve ficar com as cores escuras menos perceptíveis...
De Fátima Bento a 8 de Fevereiro de 2008 às 04:34
Atão não 'tavas à espera que eu te respondesse(claro que estavas...)?

É que, não só 'uma mão lava a outra' como TENHO de deixar a minha opinião, tenho mesmo!

Do Eduardo, olha, tenho uma ideia vaga, está ali na prateleira, qu'a filha é fanática de Tim Burton , e como tal, nós temos todos.

Quanto ao registo monocórdico, não podia ser de outra maneira - e eu acho que está muito bom.

O fact de ser musical, pronto, eu gosto de musicais (no dia da estreia houveram uns desacatos no cinema , contaram-me na bilheteira , porque as pessoas não sabia do trinado... gente informada, hein ?), mas por exemplo, O MEU MARIDO DE-TES-TA .

Mas saíu de l á completamente rendido.

Na minha humilde opinião de "cinéfila " (tendenciosazita , mas enfim), a adaptação do musical ao filme est á soberba, assim 7 *******.

Os laivos de loucura nos olhos de Depp , estão soberbos , não esquecendo que o filme é assente em teatro...

Continuo a achar que é uma obra de arte. E aquele humor/ironia fininhos que acompanham a película ...

Demais.

E quanto a opiniões , "et vive la diference"!!

B'jinhos

F átima
De amulherdetrintaanos a 12 de Fevereiro de 2008 às 23:36
[resposta hiper atrasada, mas resposta) Ufa! Como tu dizes, "ó pra mim" toda encostadinha à parede... Bem firmada a opinião, sim senhora. Diversidade aceita-se e recomenda-se nest blog! Como disse à sonjita, vale muito bem uma ida ao cinema para o ver, não é tempo perdido. Mas eu dar-lhe-ia 4 estrelas. E revê o Eduardo que vale a pena.
De Fátima Bento a 13 de Fevereiro de 2008 às 13:56
Assim que tiver tempo, vou ver. Passou para o #1 da lista de "coisas-a-fazer-quando-tiver-um-tempinho"
Vou tentar amanhã.

no sábado vou ao cinema c'o meu mais novo ver ... o Sweeny Todd.

Com tanta publicidade, e depois de lhe contarem a história do filme, ninguém o segura!

"Prontos".

Eu disse que "trisava"...

B'jinhos,

Fátima
De framboesa a 8 de Fevereiro de 2008 às 09:14
...e eu que tenho lá a fabrica pendente em casa ja ha uma catrafada de semanas para ver...é isso...de hj á noite n passa...se tu aconselhas, a je vê :-)

bjokasss em época de quaresma, a dançar o limbo (posso?)lol
De amulherdetrintaanos a 12 de Fevereiro de 2008 às 23:36
E então? Gostaste?
De Inês a 8 de Fevereiro de 2008 às 15:02
Eu estava de pé atrás, porque não gosto de musicais. Mas gostei mesmo muito do filme. Meio gótico, meio banda desenhada, e acho que sim, o Johnny Depp tem tiques de Eduardo,mas num enorme e valente update. Acho-o incrivelmente expressivo na inexpressividade da personagem. E digo-te mais. Depois o ver, mudou toda a minha convicção de quem é que merece o óscar de melhor actor, que estava completamente apontada para o Viggo Mortensen. Agora endim, não sei quem escolha, mas certamente a Academia escolherá sem o meu opinanço...

Mas pronto, eu sou suspeita. Amo o Tim Burtom, amo filmes dark e tragédias de amor (por isso, é que já não gostei tanto do Big Fish, achei-o muito happy...)
De amulherdetrintaanos a 12 de Fevereiro de 2008 às 23:44
Tenho de ver o filme com o Vigo Mortensen para opinar. Mas muito tendenciosamente... eu tenho cá uma convicção (e um fascínio pelo Daniel Day-Lewis)e apesar de já ter ganho com o "Meu pé esquerdo"... E ainda não me esqueci dos gangs de Nova Iorque, é certo... Olha outro... no Big Fish também não entrei bem no filme... Vouti ligá...

Comentar post

.Pinterest

Visite o perfil de Ana no Pinterest.